Jump to content

Qual gráfico escolher para apresentar seus dados


Anderson Santiago
 Compartilhar

Postagens Recomendadas

O que são

Gráficos são representações visuais utilizadas para exibir determinadas informações e valores numéricos. Geralmente utilizados para demonstrar padrões, tendências,  facilitar comparações e ajudar na tomada de decisão. Os gráficos estão presentes no nosso dia a dia, pois são utilizados na matemática, estatística, geografia, história, áreas da saúde, entre outras.

 

Tipos mais comuns

Existe uma grande variedade de tipos de gráficos, inclusive alguns bem semelhantes, dentre os quais podemos destacar os tipos abaixo:

Os melhores gráficos para comparação

  • Gráfico de barras
  • Gráfico de setores ou gráfico de pizza
  • Gráfico de combinação
  • Gráficos de barras empilhadas ou colunas empilhadas

Os melhores gráficos para mostrar mudanças

  • Gráfico de colunas
  • Gráfico de linhas
  • Gráfico de área

 

Qual gráfico escolher

Interpretar corretamente os gráficos é fundamental para que ele atinja seu objetivo, por isso a escolha é muito importante tendo em vista que cada um deles é aplicável a um tipo de informação ou dado estatístico.

Defina seu objetivo
Logo de início é importante definir qual o objetivo da visualização, para que não escolha um gráfico mais complexo que o necessário, ou simples que não atenda o objetivo como um todo. Por isso analise as seguintes opções:

  • É apenas informar valores sem necessidade de contexto para entender;
  • É para mostrar semelhanças ou diferenças;
  • É para mostrar tendências;
  • É para apresentar padrões ou ordem;
  • É para apresentar correlações entre variáveis.

 

Escolha do gráfico
Após ter claro qual o objetivo da visualização já podemos analisar e escolher qual gráfico aplicar!
Abaixo alguns conceitos e exemplos de quando utilizar: 

 

Gráficos de coluna ou de barras

Apresentam um dado quantitativo ou qualitativo sobre diferentes variáveis, lugares ou setores e não dependem de proporções. Os dois gráficos podem ser utilizados de forma semelhante, já que sua visualização é bem parecida. No entanto, se a ideia for comparar mudanças ao longo do tempo, é melhor escolher o gráfico de colunas que vai mostrar o tempo no eixo horizontal.
Ex.: Quantidade de vendas por ano; Quantidade de vendas por loja; Quantidade de habitantes por estado.

 

Colunas e Barras.png

 

 

Gráfico de setores ou pizza

O famoso gráfico de pizza, indicado para expressar uma relação de proporcionalidade, em que todos os dados somados compõem o todo de uma informação.
Dicas para visualização:
- Limite a quantidade de segmentos;
- Ordenar os segmentos do maior para o menor.
Ex.: Vendas por produto ou consultor em um determinado período; Gastos mensais por categoria.

Gráfico de pizza.png

 

 

Gráfico de linhas

Utilizado para demonstrar sequência numérica de um determinado período. É indicado para demonstrar evoluções e regressões dentro do período apresentado.
Ex.: Quantidade de colaboradores dentro de um período; Histórico de vendas.

Gráfico de linhas.png

 

 

Gráfico de área

Semelhante ao gráfico de linhas e pode ser uma escolha para deixar seu painel mais agradável. Já que traz uma maior noção de proporção sobre o todo.
Dicas para visualização:
- Limitar a quantidade de séries;
- Utilizar transparência caso facilite a visualização.
Ex.: Quantidade de colaboradores dentro de um período; Histórico de vendas. 

Gráfico de área.png

 

 

Gráficos de barras empilhadas ou colunas empilhadas

Utilizado para comparar a composição de vários valores. Com esse gráfico é possível visualizar a proporção de cada um dos dados de forma rápida e eficiente sem ter que olhar para os números.
Cuidados:
- Não adicionar muitas séries;
- Não indicado quando possui grande diferença nos dados.
Ex.: Visão rápida de qual produto é mais vendido; Composição de uma pesquisa frequente; Vendas por consultor.

Gráfico de barras empilhadas.png

 

 

Gráficos de combinação

Os gráficos de combinação são mais úteis para seguir tendências e identificar desvios nos dados que podem exigir investigação adicional.
Ex.: Comparar realizado com meta; Indicadores que precisam caminhar juntos; Indicadores que não podem se aproximar.

Gráfico de combinação.png

 

 

Boas práticas

  • Use cores para funcionalidade, garantindo que seu painel não fique “sobrecarregado”;
  • Ordene os dados de maneira lógica;
  • Não utilize muitas linhas em um gráfico de linhas;
  • Não utilize muitas barras em um gráfico de barras;
  • Limite a quantidade de segmentos no gráfico de setores;
  • No gráfico de setores ordenar os segmentos do maior para o menor.

 

Lembrando que além dos gráficos apresentados acima, existem vários outros que podem se encaixar na sua necessidade. O mais importante é entender os dados que você possui e definir seu objetivo com a visualização.

 

Dúvidas ou contribuições? Deixe um comentário aqui no post. Obrigado!

  • Curtir 11
  • Amei 8
Link to comment
Compartilhe em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar 😀

Você precisa ser um membro para deixar um comentário.

Crie a sua conta

Participe da nossa comunidade, crie sua conta.
É bem rápido!

Criar minha conta agora

Entrar

Você já tem uma conta?
Faça o login agora.

Entrar agora
 Compartilhar



Sobre o Fórum

Este é um fórum para todos que fazem parte
do ecossistema de uma Software House!

Bem-vindo(a) ao fórum da Casa do Desenvolvedor, uma comunidade completa, onde desenvolvedores, software houses, profissionais de marketing, experiência e vendas, fornecedores de soluções, aficionados por inovação e tecnologia podem tirar dúvidas, compartilhar novidades e conhecimento, trocar experiências e até postar uns memes que só nós da tecnologia entendemos 😅

Crie agora sua conta e vamos juntos fortalecer
o desenvolvimento de software no Brasil! 🇧🇷

×
×
  • Create New...