Jump to content

Atalho mental #02: Escassez


caroline.ferroni
 Compartilhar

Postagens Recomendadas

Você já se deparou com alguma dessas situações?

image.png

image.png

Este é o atalho de escassez, na prática! Este atalho mental é um dos mais presentes no nosso dia-a-dia como consumidor.

Por que ele se mostra tão eficaz? Justamente por despertar o medo da perda. Com isso, temos a tendência de tomar uma decisão mais rápida, já que corremos o risco de perder essa oportunidade.

Esse atalho é muito bem aplicado em e-commerce's e varejo físico em geral, como nos exemplos acima, mas são compatíveis com qualquer modelo de negócio.

É possível colher muitos benefícios ao utilizar a escassez para acelerar o efeito de seus argumentos de venda, lançar novas funcionalidades/upgrades no seu software, dentre outras diversas situações.

Vamos imaginar que você integrou um novo módulo ao seu software e está com um uprade disponível para os seus clientes. Você disponibilizará 30% de desconto para essa campanha de lançamento. Como podemos aplicar o atalho de escassez nesse caso?

Existem algumas opções, como oferecer os 30% de desconto apenas para os 15 primeiros contratos de upgrade ou ainda oferecer 30% para todos os contratos de upgrade, mas limitar um número de isenções de taxa de implementação.

As possibilidades são inúmeras, mas é sempre importante lembrar: nunca tente enganar o seu cliente, seja transparente e fiel quanto às oportunidades disponíveis. Ou seja, se você divulga ofertas limitadas a um número "x" de contratos, não estenda a mais que isso. 

Se você flexibiliza esse limite, ao longo do tempo, seu argumento de escassez cai por terra. Seus clientes não acreditarão mais nas ofertas limitadas e você perderá esse poder de argumentação.

Em qual outra situação você já viu o atalho de escassez ser utilizado? Comece esse exercício de reparar nas campanhas e propagandas que visualiza. É um ótimo meio de captar ideias para o seu negócio 😉

  • Curtir 2
  • Amei 1
Link to comment
Compartilhe em outros sites

Fica aqui uma dica de leitura:

Rápido e Devagar: duas formas de pensar | Daniel Kahneman

O livro traz muitos experimentos e reflexões realizadas por Daniel Kahneman e Amos Tversky relacionadas à psicologia e tomada de decisões.

Conseguimos entender bem a relação do racional humano com os sentimentos de ganho/perda.

  • Amei 1
Link to comment
Compartilhe em outros sites

38 minutos atrás, caroline.ferroni disse:

Fica aqui uma dica de leitura:

Rápido e Devagar: duas formas de pensar | Daniel Kahneman

O livro traz muitos experimentos e reflexões realizadas por Daniel Kahneman e Amos Tversky relacionadas à psicologia e tomada de decisões.

Conseguimos entender bem a relação do racional humano com os sentimentos de ganho/perda.

Ótima dica @caroline.ferroni. Já entrou para a lista, e está na sequência das leituras.

 

  • Amei 1
Link to comment
Compartilhe em outros sites

47 minutos atrás, caroline.ferroni disse:

Você já se deparou com alguma dessas situações?

image.png

image.png

Este é o atalho de escassez, na prática! Este atalho mental é um dos mais presentes no nosso dia-a-dia como consumidor.

Por que ele se mostra tão eficaz? Justamente por despertar o medo da perda. Com isso, temos a tendência de tomar uma decisão mais rápida, já que corremos o risco de perder essa oportunidade.

Esse atalho é muito bem aplicado em e-commerce's e varejo físico em geral, como nos exemplos acima, mas são compatíveis com qualquer modelo de negócio.

É possível colher muitos benefícios ao utilizar a escassez para acelerar o efeito de seus argumentos de venda, lançar novas funcionalidades/upgrades no seu software, dentre outras diversas situações.

Vamos imaginar que você integrou um novo módulo ao seu software e está com um uprade disponível para os seus clientes. Você disponibilizará 30% de desconto para essa campanha de lançamento. Como podemos aplicar o atalho de escassez nesse caso?

Existem algumas opções, como oferecer os 30% de desconto apenas para os 15 primeiros contratos de upgrade ou ainda oferecer 30% para todos os contratos de upgrade, mas limitar um número de isenções de taxa de implementação.

As possibilidades são inúmeras, mas é sempre importante lembrar: nunca tente enganar o seu cliente, seja transparente e fiel quanto às oportunidades disponíveis. Ou seja, se você divulga ofertas limitadas a um número "x" de contratos, não estenda a mais que isso. 

Se você flexibiliza esse limite, ao longo do tempo, seu argumento de escassez cai por terra. Seus clientes não acreditarão mais nas ofertas limitadas e você perderá esse poder de argumentação.

Em qual outra situação você já viu o atalho de escassez ser utilizado? Comece esse exercício de reparar nas campanhas e propagandas que visualiza. É um ótimo meio de captar ideias para o seu negócio 😉

Aquela expressão: só dá o devido valor quando perde? Ou “você quer o que você não pode ter?”

É justamente nesse conceito que o atalho/gatilho mental da escassez se enquadra. Que conteúdo incrível para o canal. Muito obrigado!!!!

  • Curtir 1
Link to comment
Compartilhe em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar 😀

Você precisa ser um membro para deixar um comentário.

Crie a sua conta

Participe da nossa comunidade, crie sua conta.
É bem rápido!

Criar minha conta agora

Entrar

Você já tem uma conta?
Faça o login agora.

Entrar agora
 Compartilhar



Sobre o Fórum

Este é um fórum para todos que fazem parte
do ecossistema de uma Software House!

Bem-vindo(a) ao fórum da Casa do Desenvolvedor, uma comunidade completa, onde desenvolvedores, software houses, profissionais de marketing, experiência e vendas, fornecedores de soluções, aficionados por inovação e tecnologia podem tirar dúvidas, compartilhar novidades e conhecimento, trocar experiências e até postar uns memes que só nós da tecnologia entendemos 😅

Crie agora sua conta e vamos juntos fortalecer
o desenvolvimento de software no Brasil! 🇧🇷

×
×
  • Create New...